Dicas criação de camarões de água doce em tanque

A criação de camarões em cativeiro é muito parecida com a de peixes e os tanques são como piscinas. Eles devem ser abastecidos com água potável através de uma bomba.

Mais do que isso, os tanques devem estar ligados ao sistema de encanamento de uma forma estratégica, com um escoadouro que irá servir para a saída dos dejetos.

O ideal para a criação de camarões de água doce é que os tanques tenham uma capacidade de criação de até 12 camarões por metro quadrado, a fim de que se possa ter uma boa lucratividade.

Mais do que essa quantidade por m², a criação se torna inviável e ainda há um alto risco de canibalismo na espécie.

Além disso, na criação de uma quantidade acima do indicado, fica mais difícil ter controle sobre a qualidade desse crustáceo na venda, bem como manter a higiene dos locais.

A estufa necessária para iniciar o seu negócio vai depender muito do porte da sua criação e também das características do negócio. Dessa forma, ela pode ser de diversos tamanhos, desde que haja drenagem e renovação de água de forma adequada.

O mais indicado é que a criação tenha ao menos 100m? e tubulação de entrada e saída, com profundidade de 1,5 m de profundidade.

Para ter sucesso na criação de camarões de água doce em tanques, é essencial que esse viveiro seja construído da forma correta, com a devida compactação do fundo, com declive a favor da drenagem e sem poças.

Vale lembrar ainda que para a retirada dos camarões desse viveiro é essencial que ele seja totalmente drenado.

O mais indicado é que você tenha um sítio ou uma fazenda para próprio para a atividade de carcinicultura, em locais que tenham bastante áreas livres em volta para suprir as necessidades de transporte, armazenagem e empacotamento em gelo.

Mais do que isso, a criação pode estar ao ar livre ou em área coberta, lembrando que se estiver coberto, necessitará receber iluminação artificial.

Quando o negócio já estiver dando bons lucros, é possível construís piscinas próprias para a criação, também com 1,5m de profundidade, como uma segunda etapa do processo de criação.

O fato é que a maioria dos criadores prefere sempre investir na criação de camarões em viveiros retangulares, de fundo natural e com uma boa circulação de água por sistema de bombeamento.

Pronto, agora você já sabe como criar camarões de água doce em tanques!